• ESPERANTO PARA UM ADJETIVOS E O PLURAL .............................. 15


  •   
  • FileName: epm.pdf [preview-online]
    • Abstract: ESPERANTO PARA UM ADJETIVOS E O PLURAL .............................. 15ADVÉRBIOS ................................................ 16MUNDO MODERNO VERBOS ..................................................... 16

Download the ebook

ESPERANTO PARA UM ADJETIVOS E O PLURAL .............................. 15
ADVÉRBIOS ................................................ 16
MUNDO MODERNO VERBOS ..................................................... 16
Adonis Saliba CONJUGAÇÃO DOS VERBOS E OS PRONOMES
PESSOAIS ................................................... 17
Versão 1.1 (2006)
ARTIGO DEFINIDO ...................................... 19
RAÍZES E TERMINAÇÕES ............................ 19
INTRODUÇÃO ............................................ 6 INTERROGATIVOS....................................... 20
LIÇÃO 1: ALFABETO E PRONÚNCIA .. 9 RESUMINDO A LIÇÃO 2 .............................. 22
AS VOGAIS ................................................... 9 LIÇÃO 3: NOMES PRÓPRIOS,
AS CONSOANTES .......................................... 9 FEMININO, TÍTULOS, POSSESSIVOS,
CONSOANTES COM SINAIS .......................... 10 ANTONIMOS ............................................. 23
NASALIZAÇÃO E FONÉTICA ........................ 10 NOMES PRÓPRIOS ...................................... 23
ACENTUAÇÃO E DITONGOS ........................ 10 NOMES PRÓPRIOS FEMININOS .................... 24
UM PRIMEIRO TEXTO... .............................. 12 O FEMININO ............................................... 24
TODO O ALFABETO..................................... 14 NOMES DE GENTILEZA OU TÍTULOS ........... 25
LIÇÃO 2: SUBSTANTIVOS, GÊNERO ..................................................... 25
ADJETIVOS, ADVÉRBIOS, VERBOS, “HOMO” E “ONI” ....................................... 26
ARTIGO ..................................................... 15 PRONOMES POSSESSIVOS ........................... 26
ANTÔNIMO ................................................. 27
SUBSTANTIVOS E O PLURAL ....................... 15 RESUMO DA LIÇÃO 3 .................................. 28
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 2
LIÇÃO 4: ORAÇÕES, ACUSATIVO, COLETIVOS ................................................ 39
AUMENTATIVO, DIMINUTIVO, A PREPOSIÇÃO DISTRIBUTIVA “PO” ........... 39
NÚMEROS ................................................. 29 ANO, ESTAÇÕES, MESES E DIAS .................. 40
DATAS E O INTERROGATIVO “KIAM” ......... 41
A ORAÇÃO ................................................. 29
HORAS, MINUTOS E SEGUNDOS .................. 42
ACUSATIVO ............................................... 30
INTERROGATIVOS “KIOM”, “KIOMA”,
ACUSATIVO ............................................... 30
PREPOSIÇÃO “DA” ..................................... 43
OUTROS TIPOS DE ORAÇÕES ....................... 30
OS PREFIXOS “BO”, “GE”, “DIS”, “EK”,
A ORAÇÃO PREDICATIVA ........................... 31
“RE” .......................................................... 44
OS PRONOMES INTERROGATIVOS KIO, KIA,
RESUMO DA 5ª LIÇÃO ................................. 45
KIU ........................................................... 31
POR QUE “BONAN TAGON” TEM LIÇÃO 6 CORRELATIVOS.................... 47
ACUSATIVO? .............................................. 32
O PRONOME “SI” E O POSSESSIVO “SIA” ..... 33 OS RADICAIS E TERMINAÇÕES DOS
O AUMENTATIVO E O DIMINUTIVO ............. 33 CORRELATIVOS .......................................... 48
OS NÚMEROS EM ESPERANTO.................... 35 OS CORRELATIVOS PRONOMINAIS ............. 49
RESUMO DA QUARTA LIÇÃO...................... 36 UTILIZAÇÃO DOS CORRELATIVOS
PRONOMINAIS ............................................ 50
LIÇÃO 5: OS NUMERAIS, O ANO, O OS ADVÉRBIOS CORRELATIVOS ................. 51
DIA, DATAS E HORAS ............................ 37 UTILIZAÇÃO DOS CORRELATIVOS
ADVERBIAIS ............................................... 52
OS NÚMEROS E SUAS DERIVAÇÕES ............. 37
UTILIZAÇÃO DOS CORRELATIVOS
OS MULTIPLICATIVOS E OS FRACIONÁRIOS 38
ADVERBIAIS ............................................... 52
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 3
A CONJUNÇÃO ĈAR AS PARTÍCULAS AJN E O PARTICÍPIO ATIVO ................................... 65
ĈI .............................................................. 52 PARTICÍPIO NO PRESENTE ........................... 66
OS PRONOMES RELATIVOS ........................ 53 O PARTICÍPIO NO PASSADO E NO FUTURO ... 66
ORAÇÕES ADVERBIAIS .............................. 54 AS FORMAS ADJETIVAS, ADVERBIAIS E
RESUMO DOS CORRELATIVOS: ................... 55 SUBSTANTIVAS ........................................... 67
UMA POESIA... ............................................ 68
LIÇÃO 7: COMPARATIVO,
PALAVRAS INVARIÁVEIS ............................ 68
SUPERLATIVO, SUFIXOS VERBAIS
AFIXOS ...................................................... 69
“AD“,”IG“,”IĜ“ ......................................... 57
RESUMINDO A LIÇÃO 8 .............................. 70
OS GRAUS E O SUPERLATIVO ABSOLUTO ... 57
LIÇÃO 9: PARTICÍPIOS PASSIVOS ..... 71
COMPARATIVOS ......................................... 58
EXEMPLOS DE COMPARATIVOS .................. 59 OS PARTICÍPIOS PASSIVOS .......................... 71
O SUFIXO VERBAL: -AD-............................. 59 USOS DOS PARTICÍPIOS PASSIVOS .............. 71
O SUFIXO VERBAL “-IG-“: .......................... 60 AGENTE DA PASSIVA .................................. 74
O SUFIXO “-IĜ-“ ......................................... 61 OUTRAS FORMAS DE UTILIZAÇÃO DO
PALAVRAS INVARIÁVEIS: .......................... 61 PARTICÍPIO ................................................. 74
AFIXOS: ..................................................... 62 PARTE DE UMA POESIA... ............................ 75
RESUMO DA LIÇÃO 7 ................................. 63 PALAVRAS INVARIÁVEIS ............................ 76
AFIXOS ...................................................... 77
LIÇÃO 8: PARTICÍPIOS ATIVOS ......... 64
RESUMINDO A LIÇÃO 9 .............................. 78
O PARTICÍPIO E O GERÚNDIO ...................... 64
OS PARTICÍPIOS EM ESPERANTO ................ 64
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 4
LIÇÃO 10: CONSTRUÇÃO DAS RESUMINDO A LIÇÃO 11 ............................. 93
PALAVRAS E FRASES EM ESPERANTO
LIÇÃO 12: LITERATURA DO
..................................................................... 79
ESPERANTO ............................................. 94
JUSTAPOSIÇÃO ........................................... 79
ZAMENHOF E OS PRIMEIROS TEMPOS .......... 95
PREFIXOS ACIDENTAIS E AFIXOS COMO
CANÇÃO DO EXÍLIO ................................... 97
RADICAIS ................................................... 80
A LITERATURA ESPERANTISTA NO BRASIL . 98
PALAVRAS INTERNACIONAIS ..................... 81
BRAZILA NACIA HIMNO ............................. 99
ACUSATIVO DE DIREÇÃO ........................... 81
LA OFICIALIĜO DE LA INTERNACIA LINGVO
AS ORAÇÕES INTEGRANTES ....................... 82
................................................................. 101
FRASES DE DÚVIDAS E CONDIÇÕES ............ 83
UMA PALAVRA FINAL .............................. 102
ALGUMAS CONJUNÇÕES............................. 84
OUTRAS CONJUNÇÕES................................ 84
RESUMINDO A LIÇÃO 10 ............................ 86
LIÇÃO 11: AS REGRAS
FUNDAMENTAIS DO ESPERANTO ..... 87
A GRAMÁTICA DO ESPERANTO .................. 87
MAIS PALAVRAS INVARIÁVEIS ................... 90
CONSIDERAÇÕES SOBRE OS TEMPOS VERBAIS
.................................................................. 92
PREDICATIVO DO OBJETO E APOSTO .......... 92
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 5
INTRODUÇÃO Esperanto causa um pouco de preconceito
antecipado. Mas, conhecendo-se a língua e
sua comunidade, a situação se altera
O Esperantoa é uma solução moderna para a consideravelmente. Presentemente, o
comunicação do mundo atual. E a UNESCO, principal inimigo do Esperanto é o
órgão da ONU para educação, já reconheceu desconhecimento geral em relação a ele,
isso por duas vezes de uma maneira bem
formal em 1954 e em 1985. Tais decisões não
foram por acaso, mas graças a um trabalho
árduo dos esperantistas em todo mundo.
A necessidade de um idioma internacional é
um fato inegável hoje em dia, haja vista a
presença marcante do inglês no mundo. Mas
os grandes senões para o inglês no mundo, é
a sua não neutralidade internacional que
prestigia um mundo economicamente
dominante e sua irregularidade gramatical,
associada à uma fonética complexa. Sabemos
claramente da ineficiência dos cursos de
inglês em preparar falantes desse idioma e
isso não é por inépcia dos professores, mas
por dificuldades da língua. Por outro lado, a
adoção de uma língua projetada como o
a
Informações atualizadas sobre o Esperanto podem ser
obtidas no Wikipedia
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 6
associado a interesses anglófilos de que não eventos são realizados anualmente, em todo
haja uma divulgação mais ampla do idioma de mundo. Com a finalidade de proteger a
Zamenhof [b], por razões óbvias do ponto de evolução do Esperanto, há a Academia de
vista econômico. Uma melhor conscientização Esperanto, uma instituição formada de
de democracia lingüística em termos globais, lingüistas notáveis que representam
certamente, reverteria esse quadro a favor do eqüitativamente blocos culturais lingüísticos.
Esperanto. Em Esperanto, há rádios fazendo
transmissões freqüentes, inclusive a Radio
Por outro lado, os esperantistas acreditam Polônia, Radio Pequim e Rádio Vaticana. Há
que a adoção do Esperanto pela humanidade uma universidade itinerante que ocorre
é apenas uma questão de tempo, uma vez, anualmente durante os grandes congressos
que a existência de uma comunidade mundiais da UEA[c] que se realizam desde
internacional em mais de 100 paises é uma 1905. Deve-se citar que presentemente, a
prova contundente da internacionalidade Academia de Ciências de San-Marino formada
dessa língua. Essa conclusão é uma de cientistas internacionais, tem basicamente
decorrência do movimento esperantista que já o Esperanto como língua de trabalho.
utiliza intensamente o Esperanto por mais de
115 anos, com mais de 50000 obras O objetivo principal do Esperanto é o de ser
publicadas (equivalente a um biblioteca de uma língua auxiliar internacional. O
porte médio) nesse idioma. Há mais de 100 movimento esperantista procura trabalhar
periódicos de circulação internacional em para que isso ocorra o mais rápido possível.
Esperanto. Cerca de 1000 congressos e Essa tarefa é árdua frente ao grande
b c
Lázaro Luís Zamenhof, 1859-1917, médico polonês criador UEA (universala Esperanto-Asocio) é o principal orgão
do Esperanto. Maiores informações sobre Zamenhof podem internacional do mundo esperantista, tem sede em
ser obtidas na Internet: Rotterdam, Holanda. Pode-se obter maiores informações
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ludwik_Lejzer_Zamenhof sobre a UEA através do site http://uea.org
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 7
preconceito ao Esperanto e desinformação fato, pode-se depreender o nível cultural do
quanto ao seu sucesso. No entanto, isso é mundo esperantista. Realmente, podemos
realmente uma questão de tempo, uma vez encontrar em termos mundiais 6 prêmios
que o Esperanto é uma língua pronta para Nobel. Enquanto o Brasil, com os seus 160
assumir esse papel. De uma forma geral, milhões de pessoas, nunca teve um único
podemos pensar que, presentemente, o prêmio Nobel.
Esperanto goza de um status maravilhoso de
ser realmente uma língua viva, de ter uma Bem-vindos a esse curso básico de Esperanto.
comunidade crescente e plenamente Para maiores informações sobre esse idioma
internacional. O Esperanto respeita a em língua portuguesa, indicamos que os
liberdade e o direito de expressão entre os interessados visitem a página da Liga
seres humanos em igual condição. Por isso, Brasileira de Esperanto
ser esperantista é muito mais do que se falar (http://www.esperanto.org.br), onde se pode
um idioma, mas é defender com veemência a ter acesso a vários locais na internet que
diversidade cultural da Terra. Falar esperanto descrevem o Esperanto no Brasil e no mundo.
é, portanto, entrar para uma humanidade
diferente onde o discurso é futurista, cultural, Adonis Saliba
inteligente e, absolutamente, cooperativo.
Somando-se a todo esse movimento real, há
também o virtual, que a globalização da
Internet nos trouxe. Conforme nos relata o
goggle.com o esperanto é a 24ª língua
cultural do mundo, acima do checo e abaixo
do grego moderno e onde o nosso português
ocupa uma mera 13ª posição. A partir desse
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 8
LIÇÃO 1: ALFABETO E PRONÚNCIA
As vogais As consoantes
No alfabeto do Esperanto há 28 letras, sendo b, d, f, k, l, m, n, p, t, v, z são pronunciadas
que todas têm um único som. como no português. Mas atente para:
São ao todo cinco vogais: a, e, i, o, u - que se c - pronuncia-se como o “ts” de
pronunciam como em português, mas, atente “tsar”;
para os seguintes fatos: j - tem um som de “i” breve como
em “pai, lei”.
“e” se pronuncia “ê” como em g - é sempre gutural como em
“mesa, três”. “gato”, nunca é pronunciado
“o” se pronuncia “ô” como em “boca, como “j” mesmo na frente de “e”
povo”, nunca como em “após” ou “i”.
h - é sempre aspirado como na
Deve-se tomar muito palavra inglesa “house”.
cuidado para não se dizer o r - tem um som fraco com em
“o” e “e” finais como “u” ou “caro”; nunca é gutural como em
“i”, pois isso confundiria o “carro” ou “Rita”.
significado de muitas s - é sempre forte e sibilante como
palavras em Esperanto. em “sapo, assim”.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 9
A cada letra corresponde um único som e
Consoantes com sinais vice-versa, por isso o Esperanto é uma língua
Existem 6 consoantes em Esperanto que têm absolutamente fonética. Como exemplo,
sinais diacríticos, como no português temos o temos palavras em Esperanto iguais ao do
“c” com cedilha que é uma letra totalmente português, mas escritas foneticamente: “kara,
diferente do “c”. fiksa, ke” que significam “cara, fixa, que”.
ĉ - pronuncia-se “tch”, como em Em Esperanto, não há letras mudas, nem
“atchim”; encontros consonantais. Quando aparecem,
ĝ - pronuncia-se “dj”, como em letras iguais são pronunciadas distintamente:
“adjetivo, adjunto”; ĝuu(djú-u), dommastro(dom-más-tro),
ĥ - é fortemente aspirado como em mallonga(mal-lônga), dissemi(dis-sêmi),
“mujer” do espanhol; pachoro(pats-hôro), lasthore(last-hôre),
ĵ - é como o nosso “j” de “janela”; malhela (mal-hêla), senhalta(senn-hálta).
ŝ - tem o som de “ch”, como em
“chá”;
ŭ - tem o som de “u” breve como em
“pau, mau, saudade”.
Acentuação e ditongos
Nasalização e fonética Todas as palavras em Esperanto são
Em Esperanto, não há sons nasalizados. paroxítonas. Isto é, todas as palavras são
Portanto, muito cuidado para não pronunciar acentuadas na penúltima sílaba:
o “a” como em elefante=elefãte, logo a leciono (le-tsi-ô-no), ĉevalo (tche-vá-lo),
palavra “elefanto” em Esperanto, pronuncia- beto (bê-to), geologo (gue-o-lô-go),
se “elefá-nn-to”. geologio (gue-o-lo-guí-o),
ĝentila (djenn-tí-la), helpi (hêl-pi),
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 10
eĥo (ê-hrro), pajlo(pái-lo), sinjoro (si-ni-ô-ro); caro (tsá-ro);
ĵurnalo(jur-ná-lo), loko(lô-ko), ŝerci (chêr-tsi); pensi(pê-nn-si);
rivero(ri-vê-ro), sesa (sê-sa), manĝi(má-nn-dji); monto (mô-nn-to);
ŝipo(chí-po), fraŭlo (fráu-lo) ĝojo(djô-io); nun (nú-nn); min (mí-nn),
kanti (ká-nn-ti); ĉarma(tchár-ma);
kisi (kí-ssi); krei (krê-i); patroj (pá-troi);
balai(ba-lá-i); balaj (bá-lai);
Note que em “geologio”, as vogais apostas morgaŭ (môr-gau).
formam sílabas aparte e, portanto, o acento,
que é paroxítono, recai no “gi”. Como vimos
anteriormente não há encontros vocálicos
(ditongos) em Esperanto, mas em termos Note para esses importantes detalhes:
fonéticos sim:
1. Há tantas sílabas em esperanto,
aj - “ái” como em “pai”; ej - “êi” quanto as vogais existentes em
como em “lei”; cada palavra.
oj - “ôi” como em “boi”; uj - “úi” 2. Atente para o fato que o “j” e o
como em “fui”; “ŭ” são consoantes.
ja - “iá” como em “iaiá”; jo - “iô”
como em “ioiô”;
ju - pronuncia-se “iú” ; aŭ- “áu”
como em “pau”;
eŭ- “êu” como em “europa”;
Mais alguns exemplos:
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 11
Um primeiro texto...
Tente entender e se possível decorar. Caso alguém lhe pergunte como é o esperanto simplesmente o
fale em voz alta.
Simpla, fleksebla, belsona, Sím-pla, fle-ksé-bla, bel-só-na,
vere internacia en siaj elementoj, vê-re in-ter-na-tsí-a en sí-ai e-le-mên-toi,
la lingvo Esperanto prezentas la lín-gvo Es-pe-rán-to pre-zên-tas
al la mondo civilizita al la môn-do tsi-vi-li-zí-ta
la sole veran solvon la sô-le vê-ran sôl-von
de la problemo de lingvo neŭtrala, de la pro-blê-mon de lín-gvo neu-trá-la,
ĉar tre facila por homoj ne multe instruitaj, tchár tre fa-tsí-la por hô-moj nê múl-te
ĝi estas komprenata sen peno ins-tru-í-tai,
de la personoj bone edukitaj. dji ês-tas kom-pre-ná-ta sên pê-no
de la per-sô-noi bô-ne e-du-kí-tai
A tradução do texto: Simples, flexível, sonora, verdadeiramente internacional em seus
elementos, a língua Esperanto apresenta ao mundo civilizado a única verdadeira solução do
problema de língua neutra, porque muito fácil para os homens não muito instruidos,
ela é compreendida sem dificuldade pelas pessoas bem educadas.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 12
Alguns exercícios a mais, para você ler em voz alta:
Cia, ĉia, regi, reĝi, iu, ju, Tsía, tchía, rêgui, rêdji, íu, iú,
prujno, maljuna, seshora, prúino, maliúna, sêsshôra,
heroino, pesilo, pezilo, heroíno, pessílo, pezílo,
antaŭ,vesto, veŝto, praulo, ánn-tau, vêssto, vêchto, praúlo,
fraŭlo, nenio, adiaŭ, rezervi, fráulo, nenío, adíau, rezêrvi,
krajono, feino, ĉiel, craiôno, feíno, tchíel,
ŝanceli. chantsêli.
malplej, dudek, mál-plei, dú-dek,
tiuj, kuiri, alia, daŭrigi, tí-ui, ku-í-ri, alí-a, dau-rí-gui,
dimanĉo, sinjoro, ajn, dimánn-tcho, si-nió-ro, áinn,
ago, aĝo, ĉasaĵo, peĉjo, ágo, ádjo, tchassájo, pêtchio,
manjo, eksceso, farmacia, mánio, ekss-tsêsso, farmatsía,
fluida, foiro, geologio, fluída, foíro, gueologuío,
infano, buljono. inn-fánno, buliôno.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 13
Todo o alfabeto
As 28 letras do alfabeto do esperanto e seus nomes são:
AB C Ĉ D EF G Ĝ H Ĥ I J Ĵ K L M N OP R S Ŝ T UŬ V Z
a bo co ĉo do e fo go ĝo ho ĥo i jo ĵo ko lo mo no o po ro so ŝo to u ŭo vo zo
Como se pode notar não há em Esperanto as letras “x” (ikso), “y”(ipsilono), w(duobla vo) que são
usados apenas como símbolos matemáticos, assim como em português usamos o alfabeto grego.
A UNESCO, órgão da ONU para a educação, já
reconheceu, por 2 vezes, o Esperanto como uma
língua útil para melhorar as relações culturais e
amistosas entre as nações. Cabe agora aos
estados-membros adotar o Esperanto como um
instrumento real para promover uma
internacionalidade mais democrática.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 14
LIÇÃO 2:
SUBSTANTIVOS, ADJETIVOS, ADVÉRBIOS,
VERBOS, ARTIGO
Substantivos e o plural Adjetivos e o plural
terminações: -o -oj terminações: -a -aj
Os substantivos são palavras que As palavras que exprimem
dão nomes às coisas, reais ou qualidade das coisas são os
imaginárias. adjetivos.
Por exemplo: cavalo, amor, Brasil, homem, Em Esperanto, os adjetivos terminam em “-a”
mulher, montanha, esperança, etc. no singular e “-aj” no plural, concordando
Em Esperanto os substantivos são sempre com o número do substantivo. Eis alguns
terminados em “-o” no singular e em “-oj”, no exemplos:
plural. Eis alguns exemplos: granda (grande), forta (forte), utila (útil),
filo - filoj (filho - filhos), fortaj ĉevaloj (cavalos fortes),
ĉevalo - ĉevaloj (cavalo-cavalos), alta domo (casa alta),
floro - floroj (flor - flores), riĉaj viroj (homens ricos).
ŝtono - ŝtonoj (pedra-pedras). Como se pode ver os adjetivos tendem a ficar
na frente dos substantivos, mas esta regra
não é fixa. Podemos dizer: “Dio bona kaj
pova” (Deus bom e poderoso). Mas o estilo
comum é fazê-lo anteceder ao substantivo.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 15
Advérbios Verbos
Terminação: -e Terminações: -as -is -os -i -u -us
São palavras invariáveis que Os verbos servem para exprimir
exprimem circunstância de uma ação:
tempo, lugar, modo, qualidade, Petro skribas. (Pedro escreve.)
quantidade, afirmação, dúvida, ou, ainda, uma relação de estado ou
etc. qualidade:
Em Esperanto, os advérbios derivados de Lakto estas blanka. (Leite é
substantivos, adjetivos, verbos, etc terminam branco.)
em “-e” e são invariáveis em gênero e Estos multaj homoj. (Haverá muitas
número. pessoas.)
Por exemplo: Ou, ainda, para expressar um fato:
bone (bem); Tondris! (Trovejou!)
riĉe(ricamente);
certe (certamente), As terminações verbais, em Esperanto, são:
hejme (em casa),
laste (ultimamente). presente “-as” infinitivo “-i”
Há também advérbios primitivos e que não passado “-is” imperativo “-u”
necessariamente terminam em “-e”, por futuro “-os” condicional “-us”
exemplo: hodiaŭ (hoje); jes (sim); ne (não);
pli (mais); neniam (nunca); ankaŭ (também),
etc.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 16
Conjugação dos Verbos e
os Pronomes Pessoais
mi, vi, li, ŝi, ĝi, ni, ili, oni, si
Doni (dar), legi (ler), studi (estudar). Marŝu! (Marchem!).
Mi donas. (Eu dou.) Manĝu vi! (Come (tu) ou comei (vós) )
Vi donos. Volu Dio! ( Queira Deus!)
(Tu darás, vós daréis, Ni kantus, se li permesus.
você dará ou vocês darão) ( Nós cantaríamos, se ele permitisse).
Li ricevis (ele recebeu),
Ŝi aĉetis (ela comprou), Ili dancis ĝis malfrue ( Eles dançaram até
Ĝi dormas (ele ou ela dorme) tarde).
Ni kantus, se li permesus. Oni vivis, vivas kaj vivos (A gente viveu, vive
( Nós cantaríamos, se ele permitisse). e viverá).
Ili dancis ĝis malfrue. Li donacis al si mem. (Ele fez uma doação a si
( Eles dançaram até tarde). mesmo)
Oni vivis, vivas kaj vivos
(A gente viveu, vive e viverá).
Li donacis al si mem.
(Ele fez uma doação a si mesmo)
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 17
Resumo dos pronomes pessoais:
Caminhei. ( Mi iris.) Dançávamos.
Mi eu Ni nós (Ni dancis).
Vi tu, você Vi vós Quando vim, falei com ela e fomos à
Li ele Ili eles, elas piscina.
Ŝi ela Oni a gente (Kiam mi venis, mi parolis al ŝi kaj ni
Ĝi ele, ela (d) Si reflexivo da iris al la naĝejo)
terceira pessoa
singular ou plural
Algumas observações importantes sobre os 3. Há verbos impessoais como:
verbos e sobre os pronomes: Choveu. (Pluvis.)
Nevará. (Neĝos)
1. Como você pode ver o Esperanto é
absolutamente regular e não há qualquer
exceção de conjugação. 4. O verbo “haver” no sentido de existir,
traduz-se para o Esperanto sempre como
2. Todas as pessoas gramaticais têm a “ESTI” (ser,estar):
mesma conjugação, é imprescindível que o
sujeito ou pronome pessoal sempre Amanhã haverá festa
acompanhe o verbo: (Morgaŭ estos festo.)
d
O pronome ĝi é similar ao “it” do inglês, referindo-se
preferencialmente a animais, seres inanimados ou
assexuados. No entanto, para uma criança que não se sabe o
sexo, pode-se empregar esse pronome.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 18
Artigo Definido Raízes e Terminações
la san’, bon’, mort’, ... + -o, -a, -e, -i, -as, ...
A palavra “la” é o artigo definido em A Raiz é a parte
Esperanto, significando “o, a, os, as”. invariável da palavra.
Por exemplo: É importantíssimo que saibamos reconhecer
as raízes em Esperanto, pois o forte dessa
la patroj (os pais), língua é a derivação que fazemos com as
la granda leono (o grande leão), raizes e as terminações:
la kampoj (os campos).
Você já conhece algumas terminações em
Em Esperanto, não há artigo indefinido. A Esperanto:
indeterminação é marcada simplesmente pela
ausência do artigo definido. -o, -a, -e, -i, -as, -os, -is, -i, -u, -us
Portanto,
san’o (saúde),
Viro mortis. (Um homem morreu.) san’a (saudável),
Knabino dancas en la salono. san’e (saudavelmente),
(Uma menina dança no salão.) san’i (estar com saúde), etc.
skrib’o ( (a)escrita),
skrib’a (escrito),
skrib’e (por escrito),
skrib’i (escrever),
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 19
mi skrib’as (escrevo),
vi skrib’os (escreverás), Obs: o uso de apóstrofos é apenas para
li skrib’is (ele escreveu), salientar o uso dos radicais com as
terminações. O Esperanto normal não utiliza
skrib’u! (escreve!), esses sinais.
se ni skrib’us (se escrevéssemos).
Interrogativos
Ĉu...? Jes/Ne Kio? Kia? Kiu? Kiuj?
Em Esperanto, quando se pergunta Mas, há outros pronomes interrogativos em
esperando-se “sim”(jes) ou “não”(ne) como Esperanto:
resposta, utiliza-se a partícula “ĉu” , no ínicio
da frase interrogativa: Kio = O que?
Ĉu li manĝas? (Ele come?): Kio estas sur la tablo? Libro.
Jes, li manĝas (O que está em cima da mesa?
(Sim, ele come) Um livro.)
Ne, li ne manĝas Kio estas sur la tablo? Libroj
(Não, ele não come).
Quando se pergunta com KIO espera-se uma
resposta com um substantivo, portanto uma
palavra terminada com “-o” ou no plural “-oj”.
No entanto, não há plural para KIO.
Esperanto para um mundo moderno – Adonis Saliba – pág. 20
Kia = De que tipo, como?
(Pergunta a qualidade das coisas)
Kia estas la libro? Bona.
(Como é o livro? Bom.)
Kiaj estas la libroj? Bonaj.
(Como são os livros? Bons.)
Kiu = Quem? O que? Qual? Quais?
(pergunta pela indiv


Use: 0.2752